Se o consumidor muda, as empresas também precisam mudar

...

Durante a última década, a forma de consumir, independente do setor, passou por diversas transformações e vem mudando constantemente.

Assim, compete às empresas acompanharem, entenderem e se adaptarem diante destas mudanças, buscando sempre alcançar o principal objetivo dos negócios: oferecer a melhor experiência de consumo para os seus clientes.

O conceito chinês do O2O (experiência na qual o usuário compra um produto ou oferta online e consome a mesma no offline, ou seja, no varejo físico) e a mobilidade na vida dos brasileiros tem crescido cada vez mais, aumentando o número de oportunidades e nichos a serem explorados.

O desktop foi deixado de lado e, hoje, o uso de dispositivos móveis em todo país é muito maior. Uma pesquisa realizada pela Kantar TNS revelou que o uso de celulares saltou de 14% em 2012 para 62% em 2016, um aumento de 4,5 vezes. Além disso, conforme a IDC, as vendas de smartphones devem voltar a crescer em 2017, com expectativa 3,5% até o final do ano.

O contínuo processo de mudança é muito claro e apenas confirma a necessidade urgente das empresas se adaptarem e se prepararem para atender os clientes Millenials, Geração Z e os demais que vierem pela frente.

Diante deste cenário, é importante contar com site responsivo, que se adapte aos mais variados dispositivos móveis, e que tenha sido construído utilizando modernas técnicas de SEO (search engine optimization), a fim de estar bem posicionado nas buscas do Google e outros mecanismos de pesquisa.

Também é fundamental estar presente nas redes sociais e interagir com o público, oferecendo sempre conteúdo de qualidade relacionado a sua área de atuação e que seja relevante aos seus seguidores. Estas mídias também devem ser utilizadas como canais de comunicação direto com os clientes, esclarecendo dúvidas e atendendo pequenas demandas.

Fonte: Administradores